Sábado, 22 de setembro de 2018
73 999057124
Economia

03/04/2018 ás 22h31 - atualizada em 03/04/2018 ás 22h39

289

Redação

Gandu / BA

Presidente Tanc. Neves: Agricultores começam a vender abacate in natura.
Já foram produzidos 19 mil quilos, vendidos na rede varejista Walmart.
Presidente Tanc. Neves: Agricultores começam a vender abacate in natura.
Divulgação

Com o objetivo de aproveitar cada vez mais os frutos produzidos pelos agricultores associados e aumentar a diversidade de produtos comercializados, a Cooperativa de Produtores Rurais de Presidente Tancredo Neves (COOPATAN), situada no município de Tancredo Neves, começou a vender abacate in natura, este ano. Atualmente, 26 agricultores entre os 280 associados à cooperativa plantam em suas propriedades esse cultivo, que leva, em média, três anos para ser colhido. Até agora, já foram produzidos 19 mil quilos, vendidos na rede varejista Walmart.


Como se trata de um fruto de safra, a expectativa é que, até o final desta colheita, sejam comercializados cerca de 57 mil quilos de abacate”, afirmou o diretor executivo da COOPATAN, Ailton Pereira. Atualmente, a Coopatan trabalha com mais de dez produtos diferentes, como farinha de mandioca e goma de tapioca, além de hortifrúti. “A ideia é aumentar essa variedade cada vez mais, sempre a partir do que os cooperados já têm em suas propriedades, mas não aproveitam para a venda. Para os próximos meses, o objetivo é também vender fruta pão e jaca”, completa.


A produtora rural e presidente da COOPATAN, Ednalva Lima, considera que entre as principais conquistas em trabalhar com essa nova cultura está na valorização de mais produtos colhidos pelos cooperados em suas propriedades, entre os quais aipim, mandioca e banana. “Para mim, é uma grande satisfação estar comercializando o abacate, pois está contribuindo com a melhoria de qualidade de vida de várias famílias, que já produziam e, por não consumir ou vender, acabavam perdendo”.



 
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Copyright © 2016-2018 Portal Sulbahia1 - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium