Quinta, 15 de novembro de 2018
73 999057124
Política

27/06/2018 ás 13h30 - atualizada em 02/07/2018 ás 09h36

344

Redação

Gandu / BA

Coronel critica fechamento do estaleiro em Maragogipe: “Quem vai pagar pelos prejuízos e empregos perdidos?”
Presidente da ALBA diz que empresário, se culpado, tem que ser punido, não empresa.
Coronel critica fechamento do estaleiro em Maragogipe: “Quem vai pagar pelos prejuízos e empregos perdidos?”

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia - ALBA, Angelo Coronel, acompanhou hoje o governador Rui Costa em uma série de inaugurações e atos oficiais em Maragogipe, no Recôncavo baiano. Depois de sobrevoar o Paraguaçu, Coronel criticou duramente a Operação Lava-Jato. “Sou a favor do combate sem trégua à corrupção, apoio a Lava-Jato, mas não posso estar contente depois de ver o Estaleiro do Paraguaçu parecendo uma cidade fantasma. Tem que punir os corruptos, mas não tem nem se pode destruir a economia da Bahia, e a do Brasil, por causa de uma sanha justiceira. O empresário, se culpado, deve pagar, mas não a empresa. O estaleiro fechado, sem produzir, significa milhares de empregos perdidos, necessários à população do Recôncavo. Dói ver uma coisa dessa”, criticou o chefe do Legislativo baiano. 


Para Coronel, a politização da justiça e do MP é danosa ao país. “Critica-se tantos os políticos, dizendo que eles são responsáveis por tudo de ruim que acontece no país, mas quem é que vai pagar os milhões de reais de prejuízo e os milhares de empregos perdidos com o estaleiro fechado? Volto a repetir: se juiz e promotor quiserem fazer política, que se submetam ao concurso popular a cada quatro anos, como nós fazemos. Foram políticos como Lula, Wagner, Rui que trouxeram o estaleiro para Maragogipe, mas foram promotores e juízes que o fecharam. Justiça tem que ser feita com responsabilidade, seguindo apenas a Constituição e as leis”, atacou Coronel.


O presidente da ALBA acompanhou Rui Costa, a prefeita Vera Lúcia e o ex-governador Jaques Wagner à terra do sambista Edil Pacheco para a inauguração do Distrito Integrado de Segurança Pública, a reforma e ampliação da Escola Municipal Referência Plínio Pereira Guedes e a Agroindústria da Agricultura Familiar da comunidade rural do Brinco. “Rui tem feito um esforço muito grande na área da segurança pública, inaugurando distritos integrados, ampliando os quadros das polícias Militar e Civil e renovando em 100% a frota de viaturas – algo inédito na história da Bahia. Contudo, acho que o enfrentamento da violência tem que ser no atacado. Não adianta prender o traficante, mas encontrar o fornecedor, o grande barão do tráfico de drogas e de armas”, disparou.


 Além das inaugurações, Coronel e o governador Rui Costa assinaram as ordens de serviço para a recuperação da BR-420, no trecho que liga Maragogipe a São Félix, e a construção do Hospital com ambulatório e salas de parto e cirurgias eletivas. Foram entregues também quatro novas ambulâncias, um micro-ônibus que vai atender a Saúde e um ônibus escolar. No evento ainda foram inauguradas simbolicamente as obras do distrito de Guapira: unidade de saúde Augusto Elesbão da Silva, Escola Municipal Padre Julião e quadra poliesportiva coberta.



Você sabia que o Portal Sulbahia1 está no facebooktwitterinstagram e youtube? Siga-nos lá.



O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Copyright © 2016-2018 Portal Sulbahia1 - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium