Terça, 18 de Maio de 2021 01:15
73 999057124
Política Política

Coronel defende investigar compras de medicamentos

A CPI precisa esclarecer a questão da compra de vacinas e de medicamentos ineficazes contra a Covid

17/04/2021 09h01
Por: Redação
Coronel defende investigar compras de medicamentos

Suplente na CPI da Covid, o senador Angelo Coronel (PSD) disse que a Comissão Parlamentar de Inquérito precisa investigar a compra pelo governo federal de medicamentos ineficazes, como a cloroquina, para enfrentar a pandemia. 

“A CPI precisa esclarecer a questão da compra de vacinas e de medicamentos ineficazes contra a Covid e como foram usados os recursos para combate a pandemia”, declarou o senador, em uma publicação no Instagram. “Todos os recursos que foram destinados ao combate da Covid devem ser investigados, principalmente se há suspeitas de que foram mal utilizados. Temos também a questão das vacinas, que demoraram muito a chegar ao Brasil. É preciso saber se houve alguma negligência por parte do Ministério da Saúde na compra dos imunizantes, além de investigar a aquisição e produção de medicamentos ineficazes no combate à pandemia. São quase 400 mil pessoas que já morreram e precisamos de respostas e soluções", acrescentou. 

Coronel defendeu ainda que os depoimentos dos convocados ocorram de maneira presencial, e isto, segundo ele, quando houver uma desaceleração da pandemia no país. “É evidente que temos que investigar o que está acontecendo no Brasil, desde os recursos destinados a estados e municípios para combater a doença até a compra de vacinas. Mas, pela experiência que tenho à frente da CPMI das Fake News, no momento não é possível fazer oitivas de forma remota. Por isso, defendo que iniciemos os trabalhos para ouvir todos os convocados assim que a pandemia desacelerar em nosso país. Precisamos esclarecer a verdade, e não há o que temer por parte de qualquer gestor, seja ele federal, estadual ou municipal. Quem não deve não teme”, pontuou. 

Na última terça-feira, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM), leu o ato de criação da CPI da Pandemia. Com a medida, fica autorizada a formação do colegiado, destinado a apurar as ações e eventuais omissões do governo federal durante o enfrentamento à Covid-19. O requerimento da comissão, de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), afirma que a CPI tem o objetivo de “apurar as ações e omissões do governo federal no enfrentamento da pandemia da Covid-19 no Brasil e, em especial, no agravamento da crise sanitária no Amazonas com a ausência de oxigênio para os pacientes internados” nos primeiros meses de 2021.

Por Rodrigo Daniel Silva/Trbn

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.