Segunda, 23 de Maio de 2022
Polícia Polícia

Mulher e filha de 15 anos seguem desaparecidas há mais de três meses

Mulher e filha desapareceram após saírem da cidade de Guaratinga em direção à Ibirapitanga. Outros dois filhos da mulher, que também estavam sumidos, foram encontrados na cidade de Aurelino Leal.

27/01/2022 às 10h07
Por: Redação
Compartilhe:
Mulher desaparece após viagem para conhecer o pai; família diz que ela foi vítima de trote e que filha também sumiu
Mulher desaparece após viagem para conhecer o pai; família diz que ela foi vítima de trote e que filha também sumiu

Uma mulher, de 27 anos, e a filha dela, de 15, estão desaparecidas há mais de três meses. Segundo a Polícia Civil, Solange Gonçalves Nunes saiu de Guaratinga, na Costa do Descobrimento, com destino a Ibirapitanga, no Baixo Sul, onde pretendia encontrar o pai, que não conhecia.

De acordo com o G1, familiares contaram que a viagem teria sido planejada após Solange receber uma ligação anônima. A mensagem dizia que o pai dela vivia em Ibirapitanga e estaria doente.

Na viagem, ela levou, além da filha adolescente, outros dois filhos, de 5 e 3 anos. Durante a viagem, a mulher pediu aos familiares que fossem buscá-la porque tinha sido vítima de um golpe. Ela afirmou que a pessoa com quem esteve não era o pai e nem tinha ligação com ele.

Ainda segundo a polícia, no dia 15 de novembro do ano passado, quase um mês do desaparecimento da família, os dois filhos mais novos de Solange foram encontrados em uma praça de Aurelino Leal, cidade do Sul baiano, a 26 km de Ibirapitanga, onde seria o destino da família.

O caso é acompanhado pela delegacia de Aurelino Leal, no dia 17 de novembro. A polícia considera o dia 16 de outubro como data do desaparecimento.

* Com informações do Bahia Notícias e do G1 Bahia

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.