Terça, 23 de abril de 2019
73 999057124
Economia

13/02/2019 ás 06h24 - atualizada em 12/02/2019 ás 21h24

Redação

Gandu / BA

Grupo Amazonas investirá R$ 150 milhões em Jequié
O governador Rui Costa assina protocolo de intenções para ampliação da unidade da Amazonas em Jequié
 Grupo Amazonas investirá R$ 150 milhões em Jequié
O governador Rui Costa assina protocolo de intenções para ampliação da unidade da Amazonas em Jequié

Mais 150 novos empregos serão gerados no município de Jequié, no sudoeste da Bahia, com a ampliação da fábrica de adesivos do grupo Amazonas.


O protocolo de intenções, que prevê um investimento de R$ 150 milhões, foi assinado pelo governador Rui Costa e pelos dirigentes do grupo nesta terça-feira (13), na Governadoria, em Salvador. O vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, João Leão, destacou a importância da ampliação. “A Amazonas é uma empresa que fabrica adesivos para calçados, bancos de carros e caixas para exportação de produtos. Ela compra matéria-prima das indústrias aqui na Bahia, vende para o polo calçadista baiano e para a indústria que exporta frutas da região de Juazeiro. Com a ampliação, vai aumentar o número de empregados de 234 para 385. Então, é um investimento importante para a indústria baiana”, afirmou.


Gerente da Amazonas Adesivos em Jequié, Eliseu Simon, informou as condições da ampliação. “Nós vamos dobrar a capacidade de produção na unidade de Jequié, trazendo outras linhas de produtos inovadores, utilizados na Europa, na China, agregando bastante valor ao produto acabado. Isso representa um passo bastante importante frente às condições operacionais que o mercado tem apresentado para nós”, explicou.


A unidade produz adesivos à base de água, à base de solvente e poliamida. Com a ampliação, passará a produzir adesivos para linha de construção civil, hot-melt e PUR, aumentando também a capacidade instalada, que passará de 12 mil toneladas por ano para 20 mil toneladas por ano. Cerca de 15% da produção no estado é exportada, 45% fica na Bahia e o restante é consumido nacionalmente.


O segmento de calçados, couro e componentes gerou cerca de 6,3 mil empregos diretos nos últimos quatro anos na Bahia. Nesse período, R$ 80,3 milhões foram investidos por um total de 25 empresas implantadas. Desde 2015, foram assinados 24 protocolos de intenções com o governo baiano, voltados para o segmento, com previsão de investimento superior a R$ 129 milhões e perspectiva de criar quase 10 mil novos postos de trabalho.



Você sabia que o Portal Sulbahia1 está no facebooktwitterinstagram e youtube? Siga-nos lá.




O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Copyright © 2016-2019 Portal Sulbahia1 - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium