domingo, 26 de maio de 2019
73 999057124
Saúde

15/03/2019 ás 06h42 - atualizada em 14/03/2019 ás 22h42

Redação

Gandu / BA

Funcionários reclamam de redução salarial e aumento de carga horária no Hospital Costa do Cacau
Trabalhadores relataram que são vítimas de redução salarial, aumento de carga horária e assédio moral.
Funcionários reclamam de redução salarial e aumento de carga horária no Hospital Costa do Cacau

Terceirizados do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, no sul da Bahia,  denunciar supostas irregularidade cometidas pelo Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Administração Hospitalar (IBDAH), que assumiu a gestão em janeiro deste ano. Trabalhadores relataram que são vítimas de redução salarial, aumento de carga horária e assédio moral. 


Uma carta aberta em apoio aos funcionários do Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus, no sul da Bahia, divulgada pelo Sindicato de Enfermeiros do Estado (SEEB), aborda reclamação semelhante. “A troca da empresa no Hospital do Cacau tem sido pautada pelo desrespeito e ataques aos trabalhadores. A atual empresa gestora, IBDH, se recusa a dialogar com os sindicatos”, diz trecho do documento. 


Segundo o sindicato, no último dia 7, durante assembleia foram elaboradas “estratégias de luta contra a redução dos salários, aumento da jornada e o assédio moral praticado na instituição”, além disso, uma ação judicial está sendo movida.


Ainda de acordo com o representante dos enfermeiros, em conjunto com o Sindicato Trabalhadores Estabelecimento Saúde Itabuna (Sintesi), foi impetrada  impetrou e ganhou ação judicial para garantir o pagamento dos trabalhadores e trabalhadoras referentes ao devido pela empresa Gerir, que administrava o Hospital do Cacau.


Procurada, a assessoria do IBDAH informou que “sempre honrou com todos os compromissos sociais, éticos e morais assumidos”. Acrescentou que “nunca houve descumprimentos de direitos trabalhistas de qualquer funcionário do IBDAH, especialmente, dos colaboradores do Hospital Regiona da Costa do Cacau (HRCC), pois, como dito, está sendo cumprido todas as previsões contidas em leis e Convenções Coletivas”.


O antigo administrador do hospital era o Instituto Gerir, que também foi alvo de denúncias. Na época, os trabalhadores reclamaram de constante atrasos salariais. O IBDAH foi vencedor da licitação lançada pela Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) e vai administrar por 60 meses, pelo valor de R$ 449.787.555, a unidade de saúde. 


Leia o posicionamento da terceirizada na íntegra:


O Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Administração Hospitalar (IBDAH), ao longo da sua existência, sempre honrou com todos os compromissos sociais, éticos e morais assumidos, sempre pautando seus serviços na busca da promoção da assistência humana, ofertando ao todos, incessantemente, um ambiente acolhedor, com segurança e eficiência, tendo como alicerce o crescimento e a excelência em seus resultados. 


O acolhimento a todos os funcionários/colaboradores da Instituição sempre seguiu diretrizes humanas, com investimentos no crescimento pessoal e profissional do seu quadro funcional, sempre pautando suas decisões nos comandos normativos, respeitando com exatidão e integralidade as leis, especialmente e especificamente Convenções Coletivas das categorias ofertantes de mão de obra. Assim, endossamos que nunca houve descumprimentos de direitos trabalhistas de qualquer funcionário do IBDAH, especialmente, dos colaboradores do Hospital Regional da Costa do Cacau (HRCC), pois, como dito, está sendo cumprido todas as previsões contidas em leis e Convenções Coletivas. 


Oportuniza-se aqui o esclarecimento que o IBDAH ingressou legalmente no HRCC com um específico e valoroso objetivo, fazer com que o HRCC seja reconhecido como hospital de excelência na região, de forma que inspire e renove a confiança da população, trazendo acolhimento e resolutividade nos serviços ofertados. Dessa forma, estamos à disposição para quaisquer esclarecimento, reafirmando o bom relacionamento com Sindicatos e demais entidades fiscalizadoras. 


Atenciosamente, 


Direção Hospital Regional Costa do Cacau


Você sabia que o Portal Sulbahia1 está no facebooktwitterinstagram e youtube? Siga-nos lá.


O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Copyright © 2016-2019 Portal Sulbahia1 - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium