Sexta, 23 de agosto de 2019
73 999057124
Saúde

13/05/2019 às 20h04

Redação

Gandu / BA

Novo edital do programa Mais Médicos tem vagas em 145 municípios
Cidades com maior número de vagas são Itaberaba, Jequié, Vitória da Conquista, Teixeira de Freitas e Feira de Santana.
Novo edital do programa Mais Médicos tem vagas em 145 municípios

O Ministério da Saúde lançou, nesta segunda-feira (13), um novo edital do Programa Mais Médicos, com cerca de 265 vagas para 145 municípios da Bahia. A lista completa com as cidades e o número de vagas está disponível no site da pasta.



As cidades com maior número de vagas são Itaberaba (7), na região da Chapada Diamantina; Jequié e Vitória da Conquista (6 cada), na região sudoeste; Teixeira de Freitas (5), na região sul, Teolândia (3) e Feira de Santana (5).



Os profissionais precisam ter registro brasileiro e devem se inscrever entre os dias 27 e 29 de maio no site do programa. Caso haja vagas remanescentes, as oportunidades serão estendidas, em um segundo chamamento público, aos profissionais brasileiros formados em outros países e que já tenham habilitação para o exercício da medicina no exterior.


Dentre os médicos selecionados no primeiro edital, 1.052 desistiram do programa entre janeiro e março de 2019. O número representa 15% das vagas preenchidas por médicos brasileiros após a saída de Cuba.


Novo edital


Em todo o país, o programa abriu 2 mil vagas. Os médicos selecionados pelo edital desta segunda-feira (13) devem começar a atuar em junho nos 790 municípios brasileiros, especialmente em áreas com dificuldade de acesso, como comunidades ribeirinhas, fluviais, quilombolas e indígenas.


Segundo o Ministério da Saúde, no novo edital foram estabelecidos critérios de classificação para "garantir a seleção de profissionais qualificados, preferencialmente com perfil de atendimento para a Atenção Primária." Serão avaliados títulos de especialista ou residência médica em Medicina da Família e Comunidade.


Outra novidade é que toda a documentação deverá ser enviada ao Ministério da Saúde, pela Internet já no ato de inscrição. "Essa mudança garante que apenas profissionais já habilitados participem do chamamento público, o que contribuirá para otimizar tempo e recurso", explica o ministério em nota.


O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Copyright © 2016-2019 Portal Sulbahia1 - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium