domingo, 15 de setembro de 2019
73 999057124
Política

12/06/2019 às 07h30 - atualizada em 12/06/2019 às 17h21

Redação

Gandu / BA

Nelson Leal destaca papel da Marinha do Brasil na defesa da soberania nacional
Na celebração dos 154 anos da Batalha do Riachuelo, presidente da Alba ressaltou O papel constitucional da Armada Naval.
Nelson Leal destaca papel da Marinha do Brasil na defesa da soberania nacional
Foto: Vaner Casaes

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), deputado Nelson Leal (PP), foi uma das autoridades civis que participaram da cerimônia de entrega da “Ordem do Mérito Naval”, ocorrida no Forte de Santo Antônio da Barra, no Farol da Barra, na manhã desta terça-feira (11).


 A concessão da honraria integra a semana de comemorações pela passagem do 154º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo. O 11 de junho de 1865 é considerada a data magna da Marinha do Brasil.


Chefe do Legislativo estadual destacou a importância da batalha - ocorrida na foz do Riachuelo, afluente do Rio Paraná, próximo à cidade argentina de Corrientes -, na luta pela defesa da soberania nacional no contexto da Guerra da Tríplice Aliança.


 “É com muita honra que participo desta cerimônia, referente a um episódio de enorme relevância para a salvaguarda da soberania do país, bem como para a história do Brasil, nesta data magna para a Marinha do Brasil”, confessou, Nelson Leal.


 Durante a solenidade, o presidente da Alba esteve ladeado das principais autoridades das Forças Armadas no Estado: o Vice-Almirante Marcelo Francisco Campos (Marinha), o Comandante da 6ª Região Militar, General de Divisão, Marcos André da Silva Alvim (Exército) e o Comandante da Base Aérea de Salvador, Coronel Aviador Ivan Lucas Karpischin (Aeronáutica). Além do secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa e outras personalidades.


 

Parlamentar salientou também o papel constitucional da Marinha do Brasil na proteção dos interesses nacionais, na preservação do meio ambiente marinho e do policiamento da costa brasileira, da ordem de 7.500 quilômetros de extensão. Como se trata de um litoral recortado por ilhas marítimas, esta área chega a cerca de 9.200 quilômetros de extensão.


Exemplo


O Vice-Almirante Marcelo Francisco Campos comentou a importância em celebrar a Batalha do Riachuelo, ocorrida em 11 de junho de 1865, como forma de estabelecer uma ligação entre os heróis do mar do passado com o corpo de marinheiros do presente. “Foram homens que deram as suas vidas lutando em defesa da Pátria. São exemplos que vão influenciar sempre”, observou.


A solenidade foi composta ainda pela execução do Hino Nacional; de uma salva de 17 tiros disparados pela Corveta Caboclo, fundeada no mar da Barra e da leitura da mensagem do presidente da República, Jair Bolsonaro. Riachuelo é considerada pela Marinha do Brasil o maior conflito armado ocorrido na América do Sul.


 Um dos pontos altos da solenidade foi a leitura da Ordem do Dia nº 3/2019, escrita pelo Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior, lida pela cerimonialista do evento.


 O oficial discorreu a saga da Batalha Naval do Riachuelo, em que a Esquadra Brasileira, liderada pelo Almirante Francisco Manoel Barroso da Silva, travou o heroico e intenso combate, que resultou na morte do Guarda-Marinha Greenhalgh, do Imperial-Marinheiro Marcílio Dias, entre outros.



Você sabia que o Portal Sulbahia1 está no facebooktwitterinstagram e youtube? Siga-nos lá.



O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Copyright © 2016-2019 Portal Sulbahia1 - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium