Segunda, 22 de julho de 2019
73 999057124
Política

10/07/2019 ás 14h37 - atualizada em 10/07/2019 ás 14h44

Redação

Gandu / BA

Nelson Leal lamenta morte do jornalista Paulo Henrique Amorim: “a conversa política será agora menos afiada”
PHA tinha ligação profunda com a Bahia, porque filho de baiano e casado com baiana
Nelson Leal lamenta morte do jornalista Paulo Henrique Amorim: “a conversa política será agora menos afiada”

“O jornalismo brasileiro perdeu um dos seus grandes mestres e a conversa política, a partir de hoje, estará menos afiada sem Paulo Henrique Amorim, sem dúvida um dos jornalistas mais brilhantes de sua geração, polêmico, crítico e insubmisso. Somando-se à perda de Boechat, em fevereiro passado, a crônica política amanheceu hoje muito mais pobre. Diariamente, o Conversa Afiada – seu site de notícias e comentários – era uma das minhas primeiras leituras”, lamentou hoje (10.07) o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, deputado Nelson Leal, sobre o passamento do jornalista Paulo Henrique Amorim.


Além da relevância profissional de PHA - como o jornalista era conhecido - Nelson Leal destaca as relações afetivas que Paulo Henrique mantinha com a Bahia: era filho do jornalista baiano Deolindo Amorim, natural de Baixa Grande, no piemonte da Chapada Diamantina, e casado com a jornalista baiana Geórgia Pinheiro, formada pela Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia. “Em novembro de 2015, PHA recebeu da Assembleia Legislativa da Bahia o Título de Cidadão Baiano, através de proposição do então deputado estadual Zé Neto, confirmando apenas a baianidade que já lhe corria nas veias. Portanto, a relação de carinho que ele tinha com a Bahia e os baianos não era mera formalidade”, ressaltou Leal.


O presidente da Assembleia Legislativa já apresentou moção de pesar junto à Mesa Diretora da ALBA, em solidariedade aos familiares, aos muitos amigos e milhões de leitores que o jornalista conquistou em seus 77 anos de vida. “Rogo a Deus para consolar a família enlutada, na pessoa da jornalista Geórgia Pinheiro, oferecendo a nossa solidariedade e o conforto espiritual necessário neste momento difícil de perda de uma pessoa tão querida e tão importante para o Brasil”, destacou o chefe do Legislativo baiano.


Caatinga e boca do inferno


À época, em seu discurso na tribuna, quando da homenagem na ALBA, Paulo Henrique Amorim relembrou das suas origens e influências baianas: “Essa Bahia de Deolindo Antônio se instalou naquela casa no Rio de Janeiro, de aposentos modestos, de um funcionário público subalterno do Ministério da Fazenda e um jornalista de vocação. É a Bahia da carne do sol, da farinha até a sobremesa, a farinha para cobrir o melado da cana. Veio junto com Deolindo Antônio, um estilo de escrever que lembra a caatinga, um estilo seco, sem adjetivo, gracilianamente alagoano, um estilo na ponta da faca, que o filho herdou. E o filho hoje jornalista, que tem um blog de nome Conversa afiada, e talvez tenha herdado também da Bahia, além deste texto sem gordura do pai, uma boca do inferno, de outro poeta daqui, Gregório de Matos Guerra”.


E continua o seu discurso: “A Bahia do sertão pra mim caiu no mar quando este cidadão carioca se casou com a baiana mais bonita da Bahia, Geórgia Cardoso Pinheiro, de Oxum, de todos os santos e demônios, do acarajé, da música, da gargalhada, da maledicência no bom sentido, da mesa farta, da família que não termina de chegar já que está sempre chegando um. Por causa dessa mistura, do seco do Deolindo com o olhar de Geórgia, me sinto muito honrado de ser baiano”, completou.


SAIBA MAIS


Homens que desapareceram após saírem para pescar em Ilhéus são encontrados


+ Governador anuncia inicio da duplicação da BR-415, trecho Ilhéus – Itabuna


+ Justiça impede aumento da tarifa de ônibus em Itabuna; passagem seria R$ 3,50


Mais notícias





 


 

 



 

 


Ver essa foto no Instagram


 



 

 

 



 

 



 

 

 



Governador anuncia inicio da duplicação da BR-415, trecho Ilhéus – Itabuna. O governador Rui Costa anunciou nesta quarta-feira, 10, durante o programa #PapoCorreria desta semana, o início das obras de duplicação da BR-415, trecho que liga as cidades de Ilhéus e Itabuna. Segundo o governador, os projetos já estão finalizados, aguardando apenas a aprovação do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte – #DNIT. A previsão é de que as obras físicas comecem em agosto ou setembro. Veja mais: http://bit.ly/2XzbpZq #itabuna #ilhéus #BR-415#ruicorreria #ruicostaoficial @ruicostaoficial


Uma publicação compartilhada por SulBahia1 (@sulbahia1) em



O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Copyright © 2016-2019 Portal Sulbahia1 - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium