domingo, 20 de outubro de 2019
73 999057124
Política

17/09/2019 às 06h12 - atualizada em 17/09/2019 às 06h17

Redação

Gandu / BA

Nelson Leal vai reunir empresários, ambientalistas e parlamentares para debater uso do canudo de plástico
Presidente da Alba recebeu representantes da indústria plástica e química na Bahia e revelou preocupação com os empregos no setor e o meio ambiente.
Nelson Leal vai reunir empresários, ambientalistas e parlamentares para debater uso do canudo de plástico

A marcação de uma reunião ampliada entre representantes da indústria de material plástica no Estado, entidades ambientais, líderes partidários e parlamentares autores de projetos de lei que dispõem sobre a restrição do uso de canudo plástico na Bahia. Foi a principal deliberação do Presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), deputado Nelson Leal (PP), que recebeu a visita de representantes do setor, na tarde desta segunda-feira 16.


“É fundamental debater com profundidade o tema. São projetos que tramitam na Casa e vão impactar de forma profunda no setor. Vamos abrir o debate e encontrar, de maneira democrática, as melhores soluções que podemos implantar. É uma preocupação crescente da sociedade a proteção do meio ambiente. Vou convidar todos os deputados com projetos em tramitação acerca do tema, ambientalistas e os representantes do setor, para uma reunião ampliada ainda em setembro”, explicou, Nelson Leal.


O chefe do Legislativo estadual salientou o cuidado que o assunto exige de todos na Alba. Ele também revelou-se sensível com os possíveis impactos negativos que os projetos poderão provocar no mercado de trabalho, no atual contexto de retração da atividade econômica no país.


“O assunto, pela sua delicadeza, requer de nós muita cautela. É importante que enxerguemos a relevância da indústria de material plástico na Bahia. Afinal, não dá para fecharmos postos de trabalho nesse quadro de redução da atividade econômica. O momento é de abrirmos novos postos de trabalho, gerar empregos para os baianos. Temos o dever de zelar pelo emprego dessas pessoas”, destacou, o pepista.


O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Alba, o deputado Zé Raimundo Lula (PT), salientou a necessidade de se colocar numa mesma mesa todos os atores envolvidos com o tema no Estado. “Esta reunião buscou fazer uma discussão inicial com os empresários da indústria plástica, para verificarmos os cerca de 10 projetos de lei que tramitam na Casa e restringem o consumo do plástico. Mas será necessário fazermos uma reflexão com todos os parlamentares autores dessas proposições”, comentou, o presidente da CCJ.


Para o representante do Instituto Plastivida, Miguel Bahiense, o motivo da visita dos empresários ao presidente da Assembleia Legislativa e a principal reivindicação do setor é debater com os parlamentares a questão da educação ambiental, de forma que todos aprendam a relação correta com os plásticos.


“Banir não ensina, simplesmente retira um produto do mercado e coloca outro. E esses outros vamos continuar sem saber como nos relacionarmos. Nossa proposta é debater a conscientização, o uso adequado e o descarte correto. Porque são os pilares que vão promover a reciclagem. E assim nós vamos gerar mais empregos, mais renda e retirar o plástico e outras matérias-primas do meio ambiente”, disse, Bahiense.


Participaram ainda do encontro, o presidente do Sindicato das Indústrias de Material Plástico da Bahia (Sindiplasba), Luiz Oliveira; o presidente do Sindicato das Indústrias de Produtos Químicos (Sinpeq), Roberto Fiamenghi; o diretor executivo da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Vladson Menezes, e a gerente de Relações Governamentais da Fieb, Cíntia Freitas.


Saiba Mais


+ Município de Buerarema é acionado por gerar lixão a céu aberto em zona rural


 Família procura sociólogo de 42 anos desaparecido há oito dias em Ibicaraí


+ Só de auxílios, procurador do 'miserê' ganha mais que a metade dos brasileiros


Mais Notícias


Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Copyright © 2016-2019 Portal Sulbahia1 - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium