Quarta, 25 de Maio de 2022
Bahia Alerta

Óleo atinge Valença, Nilo Peçanha e Jaquaripe

Manchas de óleo voltam a Ilhéus e atingem mais 3 cidades na Bahia

29/10/2019 às 11h25 Atualizada em 03/02/2021 às 12h43
Por: Redação
Compartilhe:
Manchas de óleo chegaram na cidade de Valença, no baixo sul da Bahia — Foto: Divulgação/Prefeitura
Manchas de óleo chegaram na cidade de Valença, no baixo sul da Bahia — Foto: Divulgação/Prefeitura

Segundo dados atualizados nesta terça-feira (29), além dos 19 municípios que já tinham sido contabilizados, entram para a lista Valença e Nilo Peçanha, no baixo sul do estado, e Jaguaripe, no recôncavo. A Bahia está em situação de emergência.

Subiu para 22 o número de cidades baianas atingidas pelas manchas de óleo que têm afetado o litoral do Nordeste brasileiro. 

Nesta terça-feira, também foram registrados novos pontos de contaminação na cidade de Ilhéus, no sul do estado. 

Durante a manhã, a substância chegou à praia da Avenida Soares Lopes e à Praia da Ponta do Ramo. Com isso, subiu para três o número de pontos afetados no município.

Em Valença, as manchas chegaram na madrugada de segunda-feira (28). Segundo a prefeitura, pequenas pelotas foram encontradas na Praia de Taquari. O material já foi recolhido e equipes de monitoramento da prefeitura e voluntários acompanham a região. Ainda não há um balanço do volume recolhido na região.

No município de Nilo Peçanha, foram afetados Barra dos Carvalhos e Praia do Patigi. As manchas chegaram na última quinta-feira (24) e foram recolhidas no dia seguinte. Na segunda elas voltaram e já foram limpas. Cerca de 100 quilos foram removidos ao todo.

Nesta terça-feira, as praias da cidade seguem limpas e sob monitoramento. Segundo o secretário de Meio Ambiente, Marcos Eder, há grande preocupação com o estuário, ambiente aquático de transição entre um rio e o mar, por conta dos peixes, que representam cerca de 70% do mercado da região.

Já em Jaguaripe, foram localizadas pelotas na Praia dos Garcês, no dia 18, e na Praia de Pirajuia, no dia 23. O material já foi removido e não há mais registro desde então. Cerca de 9 quilos foram retirados das localidades.

Antes da atualização, os municípios afetados mais recentes eram Una e Ituberá. Em Una, as manchas chegaram na segunda-feira. Até então, a cidade não tinha sido afetada.

Já em Ituberá, o óleo apareceu novamente. Um dos três pontos atingidos no município é a Praia de Pratigi, onde acontece uma das festas de Réveillon mais famosas do país, o Universo Paralello.

As manchas de óleo começaram a chegar no estado em 3 de outubro, quase um mês após o início do problema no país. O estado foi o último a receber a substância.

Mais de 300 praias já foram afetadas pelo óleo em todo o Nordeste. Na Bahia, são ao menos 75 localidades.

As cidades afetadas no estado são Valença, Nilo Peçanha, Jaguaripe, Salvador, Conde, Mata de São João, Vera Cruz, Una, Ituberá, Uruçuca, Canavieiras, Igrapiúna, Itacaré, Entre Rios, Ilhéus, Cairu, Maraú, Itaparica, Lauro de Freitas, Cmaçari, Esplanada e Jandaíra.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Nilo Peçanha - BA
Nilo Peçanha - BA
Sobre o município Nilo Peçanha é um município brasileiro do estado da Bahia. Sua população estimada pelo IBGE em 2018 era de 13 914 habitantes. Situa-se na região do Baixo-Sul baiano, numa área conhecida como "Costa do dendê" e faz divisa com o município de Taperoá ao norte, Ituberá ao sul.