domingo, 15 de dezembro de 2019
73 999057124
Brasil

29/11/2019 às 14h20 - atualizada em 30/11/2019 às 16h26

Redação

Gandu / BA

Presa em cela feminina, mulher trans engravida detenta
O prisioneiro Gabriel mudou seu nome para Gabriela e o Serviço Penitenciário, por ordem de um juiz, o transferiu da prisão masculina para a prisão feminina
Presa em cela feminina, mulher trans engravida detenta

Após alegar mudança de gênero na Justiça, um homem detido por violência contra a mulher ganhou o direito de ser colocado em uma prisão feminina, na cidade de Córdoba, na Argentina.


De acordo com a imprensa local, alguns meses depois, uma das detentas ficou grávida de Gabriela, como é conhecida. O caso aconteceu há duas semanas, mas só se tornou público no início de novembro, quando o advogado Juan Gacitúa concedeu entrevista ao programa “El show de la Mañana”.


 “A lei é muito mais rápida do que a infraestrutura que o Estado pode fornecer”, disse o advogado, ao acrescentar que houve diversas reclamações de mulheres sobre o caso.


“O prisioneiro Gabriel mudou seu nome para Gabriela e o Serviço Penitenciário, por ordem de um juiz, o transferiu da prisão masculina para a prisão feminina”, disse Gacitúa.


“Isso é garantido por lei. Foi lá que ele fez contato com as detentas e engravidou uma delas”, concluiu o advogado. IB*


O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Copyright © 2016-2019 Portal Sulbahia1 - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium