Quarta, 12 de Agosto de 2020
73 999057124
Saúde Saúde

Internado há um mês, idoso recebe visita de cachorro de estimação e tem melhora clínica

Além da melhora clínica, sentimos também outros benefícios como no humor, na questão psicológica e na expectativa de se recuperar e ir para a casa logo", pontuou o médico.

14/12/2019 13h14
Por: Redação
Foto: Reprodução / UOL
Foto: Reprodução / UOL

Internado há quase um mês depois de fraturar o fêmur ao cair em casa, o idoso Arthur Santaela, de 68 anos, apresentou melhora clínica após receber a visita de seu cachorro de estimação no hospital Emílio Carlos, em Catanduva, interior de São Paulo.

De acordo com UOL, ele chorava por sentir a falta do animal, chamado de Sheike, com quem convive há seis anos. "Desde que meu pai foi internado, ele pergunta pelo cachorro todos os dias. Na última semana, percebemos que ele estava chorando muito por sentir falta do Sheik, daí surgiu a ideia de fazer o encontro", contou Celia Raquel Santaela, filha do aposentado. "O Sheike também sente muito a falta do meu pai. Ele fica triste e chora a noite toda".

Antes de ser levado ao hospital, o cachorro passou por atendimento veterinário e tomou banho. Em uma maca e acompanhado por toda a equipe médica, Arthur foi levado até o jardim do hospital, onde o encontro aconteceu. De acordo com o coordenador médico do hospital, Rogério Lima Duarte, que acompanha o tratamento do aposentado, o encontro com Sheike trouxe diversos benefícios para a saúde de Arthur e vai ajudar na melhora de seu quadro clínico.

"Além da fratura, o Arthur teve uma pneumonia recente e isso o deixou muito debilitado. Mas depois que ele encontrou com o Sheike, a melhora já foi excepcional. Tiramos o oxigênio e ele já está bem melhor. Além da melhora clínica, sentimos também outros benefícios como no humor, na questão psicológica e na expectativa de se recuperar e ir para a casa logo", pontuou o médico.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias