Sábado, 28 de Novembro de 2020 22:22
73 999057124
Educação Educação

Estado abre 12.105 vagas para o Programa Universidade para Todos

As inscrições, que são gratuitas, começaram nesta terça (17)

17/11/2020 15h25
Por: Redação
Estado abre 12.105 vagas para o Programa Universidade para Todos

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC), em parceria com as universidades públicas UNEB, UEFS, UESB, UESC e UFRB, lançou, nesta terça-feira (17), durante live no canal do YouTube do Instituto Anísio Teixeira (IAT) (https://www.youtube.com/watch?v=WT7A653H8Cw), o edital das inscrições para 12.105 vagas do Programa Universidade para Todos (UPT), que tem o objetivo de contribuir para o acesso dos estudantes ao Ensino Superior. As inscrições, que são gratuitas, começaram nesta terça (17) e podem ser feitas até o dia 24 de novembro, no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br/universidadeparatodos).

O UPT é voltado para estudantes matriculados, em 2020, no 3º ano do Ensino Médio Regular estadual ou municipal (ou suas modalidades correspondentes) ou no 4º ano da Educação Profissional integrada ao Ensino Médio das redes estadual ou municipais (ou suas modalidades correspondentes), além de egressos do Ensino Médio estadual ou municipal do Estado da Bahia.

O coordenador executivo de Projetos Estratégicos, Marcius Gomes, que representou o secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, na live de lançamento do edital 2020 do UPT, ressaltou a importância do programa. O UPT possibilitou, nos últimos dez anos, o ingresso de, aproximadamente, 27 mil estudantes ao Ensino Superior. E, com este edital, lançado hoje, ressalta-se o compromisso do Governo do Estado com as políticas para a juventude. As universidades públicas têm sido fortes parcerias na mobilização, na articulação e nas agendas que podem fortalecer, ainda mais, a Educação Básica”, afirmou.

O reitor da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), José Bites, reforçou a parceria com o programa. “É um momento de muita satisfação ampliarmos e consolidarmos este processo importante de preparação dos estudantes que saem do Ensino Médio para, efetivamente, adentrarem nas universidades”.

O evento também contou com participação do representante da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNIDIME – BAHIA), Renê Silva; da coordenadora da UPT Bahia, Patrícia Machado; da estudante quilombola Eliete Fagundes, da comunidade quilombola Tijuaçu, em Senhor do Bonfim; e da monitora e representante da UPT da Aldeia Boca da Mata, Suyhê Pataxó.

Inscrição - No ato da inscrição, o candidato deverá fazer opção para um único município, local de funcionamento e turno que deseja cursar, bem como preencher integralmente o formulário de inscrição. O candidato informará, obrigatoriamente, o número do seu Cadastro de Pessoa Física (CPF) e criará uma senha de seis a oito dígitos, o que dará origem a um nome de usuário para acesso ao endereço de inscrição. Além de poder fazer alterações sobre a inscrição pelo sistema, o candidato também poderá tirar dúvidas sobre o processo pelo telefone 0800 285 8000, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 18h ou pelo email: [email protected].

Seleção - Para a seleção e preenchimento das vagas, serão observados a opção formulada pelo candidato no requerimento de inscrição quanto ao município, local de funcionamento e turno que deseja cursar, e o aproveitamento escolar resultante do cálculo das médias finais obtidas nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, transcritas pelo candidato no ato da inscrição.

Resultado e matrícula - A relação oficial dos candidatos selecionados será disponibilizada na internet, no mesmo endereço de inscrições e, também, nos sítios das universidades públicas (UEFS, UESB, UESC, UNEB e UFRB). O candidato contemplado e convocado efetuará a sua matrícula na data a ser definida pelas universidades parceiras. A mesma será realizada de forma on-line, em plataforma específica adotada pelas universidades parceiras citadas e divulgada amplamente pelas universidades e no site da Secretaria da Educação do Estado da Bahia.

Aulas não presenciais - Devido à pandemia do novo Coronavírus, o programa iniciará suas atividades de forma não presencial. Os estudantes selecionados terão 6h diárias de estudo e serão acompanhados por monitores, com atividades regulares e complementares, utilizando recursos digitais ou Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs), como plataformas digitais, videoaulas, aulas on-line ao vivo, lives semanal com conteúdos preparatórios, concurso de redação, simulados, aulões virtuais interdisciplinares, repositório de aulas, trilhas de aprendizagem e outros.

Para mais informações, acesse o Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br)

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias