Segunda, 12 de Abril de 2021 16:51
73 999057124
Saúde Saúde

Irmãs são internadas em hospital no Recife após comerem peixe

Diagnóstico de Síndrome de Haff

24/02/2021 10h23 Atualizada há 2 meses
Por: Redação
Flávia Andrade, de 36 anos, está internada em um quarto no Hospital Português, no Recife — Foto: Reprodução/WhatsApp
Flávia Andrade, de 36 anos, está internada em um quarto no Hospital Português, no Recife — Foto: Reprodução/WhatsApp

Duas irmãs foram internadas em um hospital particular no Recife apresentando mal-estar e dores após a ingestão de peixe da espécie arabaiana. 

Segundo a família delas, os médicos confirmaram o diagnóstico de Síndrome de Haff, conhecida como "doença da urina preta".

O governo de Pernambuco informou que investiga cinco casos dessa doença rara no estado.

Os principais sintomas da Síndrome de Haff são:

.falta de ar;

.dormência e perda de força em todo o corpo;

.urina cor de café (leia mais sobre isso abaixo).

A empresária Flávia Andrade, de 36 anos, e a irmã dela, a médica veterinária Pryscila Andrade, de 31 anos, chegaram ao Hospital Português, no bairro do Paissandu, na área central da capital pernambucana, no dia 16 de fevereiro.

A internação ocorreu horas após almoço, que tinha no cardápio o peixe arabaiana, também conhecido como "olho de boi", de acordo com a mãe das pacientes, a empresária Betânia Andrade. O alimento foi comprado no bairro do Pina, na Zona Sul da capital.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.